Wednesday, May 24, 2017

Turismo 31

Publicado em Turismo Escrito por Maio 04 2016

A cidade de Manduri é conhecida como a “Capital do Verde” em razão de ser reflorestada com pinus e eucalipto.

 

Com mais de 1.485 hectares de muita fauna e flora, a Floresta Estadual de Manduri está situada no município de Manduri (conhecida como a “Capital do Verde” em razão de ser reflorestada com pinus e eucalipto), interior de São Paulo. O ecossistema é de mata atlântica e a predominância no seu interior é de floresta estacional semidecidual. Traduzindo: a floresta possui dupla estacionalidade climática: uma estação com chuvas intensas de verão, seguida por um período de estiagem.

Quanto à fauna, o parque conta com a presença de diversos animaizinhos, que encantam adultos e crianças: bugio, macaco-prego, capivara, jaguatirica, veado-catingueiro, além de aves como o jacu e o sanhaço. E não é só isso! O Horto Florestal tem área de lazer conhecida como Caracol com churrasqueiras, roda d'água, playground, trilhas para caminhadas e trekking, um local onde o visitante possa contemplar os lagos, trilhas e viveiro de mudas; uma forma de oferecer à comunidade conhecimento e educação ambiental direta com a natureza.

 

Agende a sua visita:

Endereço: Rua do Horto Florestal, s/nº - Horto Florestal - Manduri/SP
Telefones: (14) 3356-1621 e (14) 3356-1622
E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.">
https://www.facebook.com/hortomanduri
http://iflorestal.sp.gov.br/areas-protegidas/florestas-estaduais/manduri/

 

 

Publicado em Turismo Escrito por Abril 18 2016

Águas de Lindóia

A Cidade é conhecida como um dos mais importantes centros hidroclimáticos do mundo. As propriedades medicinais de suas águas atestadas por Dr. Francisco Tozzi em 1.909 e Madame Curie (Prêmio Nobel de Física) em 1.926 destacam-se na preservação e recuperação da saúde, com o turismo voltado para cura, repouso e lazer.

Numa área de 55 Km² de montes e vales na Serra da Mantiqueira, a uma altitude média de 945 metros e clima ameno, Águas de Lindóia possui uma diversificada rede hoteleira com aproximadamente 7 mil leitos com salões e salas para receber eventos, congressos e feiras.

Uma gastronomia diferenciada de altíssima qualidade em restaurantes e barzinhos, comércio de malhas, couro, roupas e acessórios, sapatos e os deliciosos doces de frutas regionais e produtos da fazenda. Venha e apaixone-se pela "Capital Brasileira do Termalismo"!

Amparo

A 130km de São Paulo, Amparo tem 442km2, clima ameno (média de 240C), uma convidativa topografia montanhosa e possui qualidades arquitetônicas tombadas pelo Condephaat.

Sua história está preservada nos casarios do centro, nos edifícios de tradição clássica e nas casas de fazendas da época áurea do café. O turismo rural se destaca pela visitação a essas antigas fazendas do município.

 

Holambra

Holambra é um pedacinho da Holanda em terras brasileiras, fruto do árduo e irmanado trabalho cooperativo de brasileiros e holandeses.

Reconhecida nacionalmente como a Capital das Flores, essa pequena cidade esbanja encantos capazes de tornar um simples final de semana num passeio inesquecível.

Jaguariúna

Conhecida pelo seu grande pólo industrial, Jaguariúna reúne vários setores da economia e tecnologia de ponta, com excelentes opções de serviços, lazer e turismo e estrutura hoteleira e de restaurantes.

O turismo rural também se destaca na cidade. Além de vários pontos de visitação, como a Matriz Centenária e parques de esporte e lazer, Jaguariúna preserva um significativo patrimônio histórico-ferroviário, com o trem turístico "Maria Fumaça" e o Museu Ferroviário.

A antiga Estação Mogiana, hoje um Centro Cultural, é um dos principais pontos de encontro da cidade.

Lindóia

Localizada no coração do circuito das Águas Paulista, A Estância Hidromineral de Lindóia é considerada a "Capital da Água Mineral", de onde é extraído um volume de 40% da água mineral consumida no Brasil.

Além dessa riqueza natural, está cercada pela beleza da Serra da Mantiqueira, com sua vegetação exuberante e o Rio do Peixe que passa ao longo do município, com trechos de cachoeiras, compondo um cenário de extraordinária beleza natural.

Tem como sua principal atração o Grande Lago, lugar perfeito para o ecoturismo e o turismo de esporte e lazer.

Monte Alegre do Sul

Monte Alegre do Sul é uma das cidades mais encantadoras do Circuito das Águas Paulista.

Sua natureza exuberante desenhada entre montanhas, o clima ameno, as águas com propriedades terapêuticas e o charme das construções coloniais do século XIX, cuidadosamente preservadas, a tornam o destino diferencial dentre as demais.

Em Monte Alegre é possível a prática do turismo termal , turismo religioso, turismo rural , por meio de vários atrativos turísticos, rica em cultura popular e tranquila para se viver, a cidade oferece encantos inimagináveis à poucos quilômetros da Capital Paulista, cuja população acolhedora completa a sensação de bem estar.

 Pedreira

A 138km da capital, Pedreira - a capital da porcelana - está às margens do Rio Jaguari, cuja beleza faz parceria com a beleza natural da região em que se localiza a serra da mantiqueira.

Além de seus pontos turísticos, do turismo rural, a cidade ainda oferece restaurantes com excelente comida.

Com lojas especializadas no atendimento ao turista, sua principal atração reside no extenso comércio de louças, porcelanas, vidros, artigos em madeira, alumínio, gesso, resina empregados em peças artísticas, utilitárias e de decoração.

Serra Negra

Com lindos parques, praças e jardins, um clima de montanha ricamente oxigenado, temperatura média de 20°C, a cidade é excelente para férias ou atividades de lazer.

As ecléticas programações das férias de inverno e verão são atrativos culturais para todas as idades, além de eventos nos feriados prolongados como as encenações da Paixão de Cristo e do Auto de Natal. Entre cerca de 70 hotéis-fazendas, pousadas e centros gastronômicos de alta qualidade, Serra Negra ostenta como ponto forte um grande centro comercial de malha e couro. Os pontos de atração turística são variados, destacando-se as fontes de águas minerais famosas por suas propriedades terapêuticas, roteiros rurais, o teleférico até o Cristo Redentor, entre outros.

Socorro

Socorro, uma encantadora cidade turística há 132 Km da capital paulista, localizada junto à Serra da Mantiqueira, e que reúne todas as características do interior, com inúmeros atrativos para todas as idades. Seja no ar, na terra ou na água, Socorro oferece vinte opções de atividades de aventura para sua escolha.

Em Socorro você também encontra Ecoturismo, Turismo Rural, Social, Histórico-Cultural, Turismo de Saúde, e de Compras, com dois grandes Centros de Compras de malhas e confecções que representam mais de 200 indústrias do segmento têxtil existentes na cidade, além do artesanato local.

Socorro, uma cidade completa esperando por você! Com lindas paisagens, muita tranquilidade e clima agradável, Socorro convida você a conhecer uma das mais belas cidades interioranas do Estado de São Paulo Socorro é especial, assim como os nossos visitantes. Venha desfrutar da simplicidade do campo, da tranqüilidade e do ar puro que a nossa terra oferece. Viva essa experiência! Boas práticas do turismo em ambientes naturais. Faça sua parte: preserve o meio ambiente.

 

Fonte: Texto e fotos: Circuito das Águas Paulista Consórcio Intermunicipal para o Desenvolvimento do Pólo Turístico do Circuito das Águas Paulista

http://www.circuitodasaguaspaulista.sp.gov.br

Rua Nossa Senhora do Rosário, s/n - Centro de Convenções Circuito das Águas (Rodovia Serra Negra - Lindóia) Serra Negra/SP - CEP: 13930-000 - (19) 3892-1015

https://www.facebook.com/circuitodasaguaspaulistaoficial

Publicado em Turismo Escrito por Abril 18 2016

Águas de Lindóia

A Cidade é conhecida como um dos mais importantes centros hidroclimáticos do mundo. As propriedades medicinais de suas águas atestadas por Dr. Francisco Tozzi em 1.909 e Madame Curie (Prêmio Nobel de Física) em 1.926 destacam-se na preservação e recuperação da saúde, com o turismo voltado para cura, repouso e lazer.

Numa área de 55 Km² de montes e vales na Serra da Mantiqueira, a uma altitude média de 945 metros e clima ameno, Águas de Lindóia possui uma diversificada rede hoteleira com aproximadamente 7 mil leitos com salões e salas para receber eventos, congressos e feiras.

Uma gastronomia diferenciada de altíssima qualidade em restaurantes e barzinhos, comércio de malhas, couro, roupas e acessórios, sapatos e os deliciosos doces de frutas regionais e produtos da fazenda. Venha e apaixone-se pela "Capital Brasileira do Termalismo"!

Amparo

A 130km de São Paulo, Amparo tem 442km2, clima ameno (média de 240C), uma convidativa topografia montanhosa e possui qualidades arquitetônicas tombadas pelo Condephaat.

Sua história está preservada nos casarios do centro, nos edifícios de tradição clássica e nas casas de fazendas da época áurea do café. O turismo rural se destaca pela visitação a essas antigas fazendas do município.

 

Holambra

Holambra é um pedacinho da Holanda em terras brasileiras, fruto do árduo e irmanado trabalho cooperativo de brasileiros e holandeses.

Reconhecida nacionalmente como a Capital das Flores, essa pequena cidade esbanja encantos capazes de tornar um simples final de semana num passeio inesquecível.

Jaguariúna

Conhecida pelo seu grande pólo industrial, Jaguariúna reúne vários setores da economia e tecnologia de ponta, com excelentes opções de serviços, lazer e turismo e estrutura hoteleira e de restaurantes.

O turismo rural também se destaca na cidade. Além de vários pontos de visitação, como a Matriz Centenária e parques de esporte e lazer, Jaguariúna preserva um significativo patrimônio histórico-ferroviário, com o trem turístico "Maria Fumaça" e o Museu Ferroviário.

A antiga Estação Mogiana, hoje um Centro Cultural, é um dos principais pontos de encontro da cidade.

Lindóia

Localizada no coração do circuito das Águas Paulista, A Estância Hidromineral de Lindóia é considerada a "Capital da Água Mineral", de onde é extraído um volume de 40% da água mineral consumida no Brasil.

Além dessa riqueza natural, está cercada pela beleza da Serra da Mantiqueira, com sua vegetação exuberante e o Rio do Peixe que passa ao longo do município, com trechos de cachoeiras, compondo um cenário de extraordinária beleza natural.

Tem como sua principal atração o Grande Lago, lugar perfeito para o ecoturismo e o turismo de esporte e lazer.

Monte Alegre do Sul

Monte Alegre do Sul é uma das cidades mais encantadoras do Circuito das Águas Paulista.

Sua natureza exuberante desenhada entre montanhas, o clima ameno, as águas com propriedades terapêuticas e o charme das construções coloniais do século XIX, cuidadosamente preservadas, a tornam o destino diferencial dentre as demais.

Em Monte Alegre é possível a prática do turismo termal , turismo religioso, turismo rural , por meio de vários atrativos turísticos, rica em cultura popular e tranquila para se viver, a cidade oferece encantos inimagináveis à poucos quilômetros da Capital Paulista, cuja população acolhedora completa a sensação de bem estar.

 Pedreira

A 138km da capital, Pedreira - a capital da porcelana - está às margens do Rio Jaguari, cuja beleza faz parceria com a beleza natural da região em que se localiza a serra da mantiqueira.

Além de seus pontos turísticos, do turismo rural, a cidade ainda oferece restaurantes com excelente comida.

Com lojas especializadas no atendimento ao turista, sua principal atração reside no extenso comércio de louças, porcelanas, vidros, artigos em madeira, alumínio, gesso, resina empregados em peças artísticas, utilitárias e de decoração.

Serra Negra

Com lindos parques, praças e jardins, um clima de montanha ricamente oxigenado, temperatura média de 20°C, a cidade é excelente para férias ou atividades de lazer.

As ecléticas programações das férias de inverno e verão são atrativos culturais para todas as idades, além de eventos nos feriados prolongados como as encenações da Paixão de Cristo e do Auto de Natal. Entre cerca de 70 hotéis-fazendas, pousadas e centros gastronômicos de alta qualidade, Serra Negra ostenta como ponto forte um grande centro comercial de malha e couro. Os pontos de atração turística são variados, destacando-se as fontes de águas minerais famosas por suas propriedades terapêuticas, roteiros rurais, o teleférico até o Cristo Redentor, entre outros.

Socorro

Socorro, uma encantadora cidade turística há 132 Km da capital paulista, localizada junto à Serra da Mantiqueira, e que reúne todas as características do interior, com inúmeros atrativos para todas as idades. Seja no ar, na terra ou na água, Socorro oferece vinte opções de atividades de aventura para sua escolha.

Em Socorro você também encontra Ecoturismo, Turismo Rural, Social, Histórico-Cultural, Turismo de Saúde, e de Compras, com dois grandes Centros de Compras de malhas e confecções que representam mais de 200 indústrias do segmento têxtil existentes na cidade, além do artesanato local.

Socorro, uma cidade completa esperando por você! Com lindas paisagens, muita tranquilidade e clima agradável, Socorro convida você a conhecer uma das mais belas cidades interioranas do Estado de São Paulo Socorro é especial, assim como os nossos visitantes. Venha desfrutar da simplicidade do campo, da tranqüilidade e do ar puro que a nossa terra oferece. Viva essa experiência! Boas práticas do turismo em ambientes naturais. Faça sua parte: preserve o meio ambiente.

 

Fonte: Texto e fotos: Circuito das Águas Paulista Consórcio Intermunicipal para o Desenvolvimento do Pólo Turístico do Circuito das Águas Paulista

http://www.circuitodasaguaspaulista.sp.gov.br

Rua Nossa Senhora do Rosário, s/n - Centro de Convenções Circuito das Águas (Rodovia Serra Negra - Lindóia) Serra Negra/SP - CEP: 13930-000 - (19) 3892-1015

https://www.facebook.com/circuitodasaguaspaulistaoficial

Publicado em Turismo Escrito por Março 23 2016

Localizado no município de Pontal (SP), o antigo Engenho Central - construído no inicio do século XX e preservado em seu conjunto edificação/equipamentos/maquinários – acolhe o Museu da Cana. Sonho antigo da família Biagi, o Museu tem como objetivo resgatar a memória industrial da cana-de-açúcar que tanto influenciou a história da nossa região e o desenvolvimento do Brasil.

Os visitantes que chegam ao museu se deparam com a imponente edificação - construída com arquitetura no estilo industrial britânico do início do século XX, com amplos galpões, tijolos aparentes e ornatos simples - que abrigava a antiga usina de fabricação de açúcar, edificação que foi preservada por décadas e que em 2013 passou por uma série de intervenções de salvaguarda e adequações para recebimento de visitação pública.

Sobre o acervo:

O grande diferencial do Museu da Cana é seu acervo composto por uma usina de fabricação de açúcar, extremamente moderna para a época de sua implantação.

A maquinaria é europeia dos anos de 1880, abrangendo moenda a vapor, cozedores, cristalizadores e ensacadores, trazida para o Brasil ainda na época da monarquia e até hoje preservada em suas posições originais dentro da linha de produção do Engenho
Outros objetos de relevância histórica são as antigas semeadeiras, bombas de abastecimento, barris para beneficiar e purificar o açúcar, recipientes para o transporte de aguardente até o Porto de Santos, o carimbo que identificava as sacas de açúcar com a marca do Engenho, o maquinário das oficinas de manutenção e até mesmo o velho relógio que ficava no ponto mais alto da torre da usina.

O acervo também conta com objetos que a família Biagi adquiriu e doou para o Instituto, de antigos engenhos localizados na região nordeste do país, datados do século XVI, período que representa os primórdios da produção de açúcar no Brasil.

Regras para visitação:

=> É proibida entrada com bebidas alcoólicas
=> Não é permitida a entrada de animais domésticos
=> Não é permitido alimentar os animais encontrados nas áreas do museu
=> Não é permitido tocar nas edificações e acervos, quando for possível a interação os visitantes serão informados pelo monitores.
=> É permitido filmar e fotografar, desde que para fins particulares. Produções comerciais, incluindo books de fotos e de casamento, deverão ser autorizadas antecipadamente.

 

Serviço:

A entrada é gratuita!

Horas: de Quinta a Domingo: das 10h às 16h

Telefone: (16) 3497-5008 / (16) 99628-9322

Email: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Site: http://www.museudacana.org.br/

 

Texto: Divulgação Facebook - Museu da Cana -https://www.facebook.com/museudacana

Foto: Tânia Registro - http://www.museudacana.org.br/#!museu/c20tz

Publicado em Turismo Escrito por Janeiro 25 2016

Quem for viajar para o interior nessas férias não deve deixar visitar os parques estaduais da região que oferecem boas opções de contato com a natureza, prática de turismo de aventura e conscientização ambiental. Administradas pela Fundação Florestal, as Unidades de Conservação (UCs) estão espalhadas por todo estado de São Paulo. Algumas são abertas ao público e possuem roteiros variados que contemplam desde belas cachoeiras, até pontos históricos e culturais, passeios, exposições entre outros.

Para visitar as Unidades de Conservação e fazer os passeios oferecidos por elas, é necessário agendamento prévio. Os valores dos roteiros são variados e devem ser consultados diretamente em cada UC. Para realização de qualquer trilha, é obrigatório o uso de tênis e calça comprida. Itens como repelente, protetor solar, óculos de sol e capa de chuva são fundamentais para uma visita agradável aos parques. Alguns parques não oferecem infraestrutura de alimentação, por isso, é recomendável informar-se sobre a necessidade de levar lanche e água. Devido às condições climáticas, todas as atividades podem sofrer alterações sem aviso prévio.

Confira os principais atrativos e as formas de contato com cada unidade.

Parque Estadual do Rio Turvo – Núcleo Capelinha

Trilha das Andorinhas – Percurso de aproximadamente 420 metros, com baixo nível de dificuldade, até a entrada da caverna de onde não é permitido prosseguir já que a caverna não está aberta ao público. No caminho, os atrativos são a passagem por um rio encachoeirado, além da contemplação da flora e fauna e um sambaqui fluvial.

Trilha da Cachoeira – Com um percurso de apenas 220 metros, este passeio tem baixo nível de dificuldade e é acessível a qualquer tipo de público. Seus principais atrativos, são a contemplação das serras e mirantes no percurso, além da própria cachoeira.

Serviço:

A entrada é gratuita e o horário de funcionamentos é das 9h às 17h30, todos os dias. O endereço é na Rodovia Régis Bittencourt, km 511/Sul Bº Capelinha, Cajati/SP. Para informações, ligue para (13) 3821-1480, (13) 3821-5030 e (13)3855-7137, escreva para o email: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. .

Parque Estadual Carlos Botelho

Trilha da Represa/Fornos – A região onde está localizado o Parque foi uma fazenda de imigrantes na década de 40. No mesmo período a região produzia muita madeira para obtenção de carvão. A trilha faz parte do caminho utilizado para o escoamento dessa madeira e carvão. Com extensão de 4km e nível médio de dificuldade, o passeio tem cerca de três horas de duração. Os principais atrativos são os fornos de carvão e a represa. Pesquisadores apontam a grande incidência de muriquis (espécie de macaco, também conhecida como monocarvoeiro) nas proximidades da represa.

Trilha do Braço do Rio Taquaral – Caminhada de longo percurso com cerca de 10 km e alto nível de dificuldade. São diversas travessias de rios e riachos em meio à Mata Atlântica. A trilha margeia o Rio Taquaral, os principais atrativos são os banhos no rio e a observação da fauna. Esta trilha tem seu uso restrito a um número determinado de visitantes por estar em área primitiva.

Núcleo Sete Barras

Trilha da Figueira – O caminho de cerca de 2 km leva a uma figueira centenária, que desponta majestosamente na paisagem. Para “abraçá-la”, fechando a circunferência, é preciso que várias pessoas se dêem as mãos em torno do tronco. Com baixo nível de dificuldade, a trilha é ampla e praticamente plana em meio à Mata Atlântica, margeando o Ribeirão da Serra com diversos pontos possibilidade de parada para banhos até a chegada a árvore.

Outros atrativos – Além das trilhas, a sede dispõe de Centro de Exposição Temático, Mini Museu de Zoologia e a Trilha das Bromélias, adaptada para Portadores de Necessidades Especiais e ou com mobilidade reduzida. Também está disponível a Estrada Parque, com Trilha Autoguiada do Rio Taquaral, ideal para ciclismo, banho de cachoeira e rio, quiosques para piquenique e churrasco.

Serviço

O horário de visitação desta UC é diariamente, das 9h às 17h. O ingresso de entrada no parque é de R$ 6,00 e o valor das trilhas é variado, devendo ser consultado previamente. Há necessidade de agendamento prévio, com pelo menos 5 dias de antecedência O passeio pode ser cancelado pelo Setor de Informações e Agendamento, caso ocorra chuva nos dias anteriores e/ou se os visitantes chegarem após o horário estipulado. Para mais informações, entre em contato com o Setor de Agendamento e Informações, das 8h as 16h, pelo telefone (15) 3379-1477, pelo email O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. , ou acesse o site: http://www.ambiente.sp.gov.br/parque-carlos-botelho/

Pagina 1 de 4

Curta nossa pagina

Procurando Turismo

Com o objetivo de fomentar o turismo em torno da região oeste de São Paulo composta pelas rodovias Castello Branco e Raposo Tavares, o jornal, distribuído há mais de 3 anos nas cabines dos pedágios e disponível na web, traz em suas páginas, dicas e matérias sobre passeios turísticos, cidades, monumentos, restaurantes, hotéis, áreas de lazer, parques públicos e eventos institucionais no interior. Um verdadeiro guia de turismo, um veículo segmentado e que tem ainda como apoio uma página no Facebook, atualizadas frequentemente, atingindo um público em torno de  1 milhão e 800 mil leitores anuais.